Mulher morre no Pronto Atendimento de Balneário Piçarras após sofrer vários golpes na cabeça

0
7494

Minutos antes da morte, Gislaine de Oliveira, moradora de Armação, em Penha, teria acusado o marido pelo crime

Gislaine de Oliveira, 41 anos, moradora de Armação, em Penha, foi atendida no Pronto Atendimento 24h de Balneário Piçarras por volta das 6h20. Segundo a médica plantonista informou a PM, a vítima teria sido resgatada nas proximidades da marginal do Posto Delta, no Bairro Itacolomi.

A vítima morreu por traumatismo craniano e apresentava sangramento intenso nas vias respiratórias e perfuração no olho. Os ferimentos foram causados possivelmente por algum objeto (pedaço de madeira ou ferro) .

Antes de morrer, Gislainei acenou que o autor do crime teria sido seu marido. “Perguntei a ela duas vezes: Você sabe quem foi? Ela mexeu a cabeça dizendo que sim. Perguntei novamente: Foi seu marido? Ela sinalizou novamente que sim”, resumiu a médica, que teve o nome preservado.

Foto: Felipe Bieging JC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui