Secretário de Saúde é sabatinado no plenário da Câmara de Vereadores

0
88

Câmara de Penha ouve secretário de Saúde durante a 40ª Reunião Ordinária

Por unanimidade a Câmara de Vereadores de Penha aprovou na segunda-feira (25) o projeto que autoriza a implantação do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) no município. O projeto de lei ordinária nº 26/2021, de autoria do Poder Executivo, teve apoio de todos os parlamentares durante a 40ª Reunião Ordinária com uma emenda apresentada pelo vereador Sebastião Reis Junior (DEM).

A emenda modificativa acrescenta no projeto um parágrafo no artigo terceiro, determinando que “o município dará preferência aos servidores disponíveis no quadro de pessoal para fins de execução do programa”, prestigiando os servidores que já atuam nas secretarias da Prefeitura de Penha e que tenham interesse em atuar no Caps.

Os centros de atenção psicossocial são unidades especializadas em saúde mental, oferecendo um atendimento interdisciplinar com equipe formada por médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, entre outros especialistas, voltados para o tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental grave.

Nome de rua

Na ordem do dia da reunião ordinária também foi aprovado o PLO nº 60/2021, de autoria do vereador Adriano de Souza (PSDB), o Tibeco, que denomina rua Beatriz Maria de Souza a atual rua E do Loteamento Penha I, no bairro Nossa Senhora de Fátima.

A senhora Beatriz faleceu aos 96 anos no dia 9 de julho de 2020, deixando 13 netos, 26 bisnetos e dois tataranetos. Nascida no bairro Gravatá, foi costureira e padeira e congregava na igreja Assembleia de Deus.

Secretário de Saúde

A pedido dos vereadores, o novo secretário de Saúde do Município, Rodrigo Renan Medeiros, utilizou a tribuna para esclarecer dúvidas com relação ao atendimento e gestão do Pronto Atendimento 24 horas.

Medeiros foi gerente da Vigilância Sanitária, tornou-se secretário adjunto e agora se tornou titular de uma das pastas mais importantes do município, tendo pela frente inúmeros desafios.

O novo secretário fez questão de lembrar que o Pronto Atendimento faz em torno de 250 atendimentos diários. “Para uma cidade do nosso porte é muito atendimento. Somos um dos únicos pronto atendimentos da região que faz exame laboratorial 24 horas por dia, sete dias da semana”, explica Rodrigo.

De acordo com o secretário, o hospital Marieta Konder Bornhausen em Itajaí (hospital de referência da região da Amfri) está superlotado e este é um dos motivos da grande demanda do PA do município de Penha.  “Nosso pronto atendimento é uma porta aberta de urgência e emergência. Significa dizer que entra ‘parada’, entra parto, entra traumatismo craniano, acidentes na BR. É um local que para uma equipe toda para atender esses casos…Então sim! Às vezes a gente tem uma espera maior na recepção”, justifica.

Após sua explanação, o secretário respondeu dúvidas dos vereadores e cidadãos através das redes sociais.

Outubro Rosa

No início da 40ª Reunião Ordinária foi exibido o vídeo de mais um depoimento sobre o câncer de mama, campanha do Outubro Rosa organizada pela Procuradoria Especial da Mulher da Câmara de Penha.

O quarto e último depoimento foi da enfermeira Carla Martini, que trabalha em Joinville. Em 2018, com apenas 36 anos de idade, ela foi diagnosticada com um câncer de mama muito agressivo, em estágio avançado – na época ela amamentava seu bebê de oito meses de idade. “Aí começou a história: quimioterapia, cirurgia para retirada do seio e radioterapia. Hoje estou muito bem. Tenho tempo ainda de tratamento com bloqueadores hormonais e graças a Deus estou bem e estou recuperada”, comemora a enfermeira.

Por fim, Carla ressaltou a importância do diagnóstico precoce e deixou um recado para toda as mulheres: “Que você se toque. Percebam quando tem alguma coisa de errado no seu corpo. O câncer não escolhe as pessoas e não acontece apenas em quem tem histórico familiar… A qualquer sinal de que alguma coisa está errada, procure um médico”!

Vereador suplente

A 40ª Reunião Ordinária marcou a despedida do vereador suplente Jairo Vieira (DEM) que ocupou por 30 dias uma cadeira no Legislativo Penhense devido ao pedido de licença de Mário Moser (PSDB), o Marquett. “Quero deixar o meu agradecimento a todos os vereadores pela acolhida e aos trabalhadores da casa. Saio daqui muito feliz!”, afirmou Jairo que foi parabenizado por todos os vereadores da casa.

Mário Marquett retorna na primeira reunião ordinária de novembro, que será realizada na próxima quarta-feira (3) devido ao ponto facultativo e feriado do Dia de Finados.

Mas em novembro a Câmara de Penha terá mais um vereador licenciado. O vereador Everaldo Dal Pozzo (PL), o Italiano, pediu afastamento de 30 dias e com isso a ex-vereadora Áurea Márcia dos Santos Pinheiro (PL), conhecida como a Márcia da Saúde, ocupará uma cadeira no Legislativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui