Penha prevê receita de R$ 139 milhões para o ano que vem

0
75

 Lei de Diretrizes Orçamentárias será votada até o final de setembro

Na sexta-feira (10) a Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de Vereadores de Penha realizou uma audiência pública para apresentação e avaliação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2022. O PLO nº 29/2021, de autoria do Executivo, foi protocolado na casa no dia 30 de agosto e a comissão pretende apresentar o parecer definitivo até o dia 20 de setembro.

A audiência foi presidida pelo vereador Luiz Fernando Vailatti (Podemos), o Ferrão, com a participação dos vereadores Célio Francisco (PSDB), o Celinho, Adriano de Souza (PSDB), o Tibeco, Mário Moser (DEM), o Marquett, Everaldo Dal Pozzo (PL), o Italiano e também o vereador Sebastião Reis Jr (DEM).

A comissão deu parecer preliminar favorável ao trâmite do projeto que estima a receita do município para 2022 em R$ 139 milhões. Caso esta receita se confirme para o próximo ano, significará um aumento de quase 100% na arrecadação em relação ao ano de 2016, quando Penha arrecadou pouco mais de R$ 70 milhões.

De lá pra cá o crescimento na receita tem sido significativo: R$ 77,7 milhões em 2017, R$ 95,2 milhões em 2018, R$ 100,5 milhões em 2019 e R$ 111,5 milhões. (Até junho de 2021 o município arrecadou cerca de R$ 60 milhões, segundo aponta o levantamento da administração municipal).

Os demonstrativos do Executivo foram apresentados durante a audiência pública pela procuradora geral da Câmara de Penha, Paloma Ayeska de Oliveira. “Agora o projeto tem cinco dias úteis, até sexta-feira (17), para que sejam apresentadas as emendas dos vereadores. Em seguida o projeto segue para o parecer definitivo da Comissão de Finanças e Orçamento e estará apto para votação”, lembrou a procuradora.

De acordo com o cronograma da Comissão, a LDO de 2022 deverá ser votada em plenário até o final do mês de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui