ADRA lança campanha que combate baixas temperaturas no Sul do País

0
151

Agência humanitária adventista oferecerá cobertores e roupas para refugiados e pessoas que vivem em situação de rua

A queda nas temperaturas em diversas regiões do Brasil impulsionou a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) a lançar uma nova campanha, que foi ao ar nesta quarta-feira, 30 de junho. Intitulada “Juntos contra o frio”, a iniciativa buscar arrecadar valores suficientes para enviar 2 mil cobertores e roupas quentes para refugiados e moradores em situação de rua que vivem no Paraná e no Rio Grande do Sul.

Até dezembro de 2020, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) estimava que em todo o território nacional viviam 222 mil moradores de rua. Na região Sul, este número representaria aproximadamente 35 mil. De acordo com o Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), até o fim de 2020 o Brasil havia reconhecido 57.099 pessoas como refugiadas.

A ADRA entra em ação diante de um cenário de perigo, como define o Instituto Nacional de Meteorologia (Imet) quanto à severidade da massa de ar frio que chegou ao Brasil no sábado, 27 de junho. Ontem, 29, a cidade de General Carneiro, no Paraná, registrou temperatura de -3,9°C, enquanto em São José dos Ausentes, no Rio Grande do Sul, a mínima ficou em -2,9°C. A previsão é de que o clima frio permaneça nos próximos dias.

“A campanha espera enviar os itens para nossas regionais no Sul até o final de julho. Para isso, contamos com o apoio de nossos parceiros e doadores. Esperamos poder aquecer pelos menos algumas centenas de pessoas nesses dois Estados”, destaca Fábio Salles, diretor da ADRA no Brasil.

As doações podem ser realizadas via Pix, destinadas ao e-mail: compartilhe@adra.org.br Para mais informações ou para apoiar outros projetos, acesse adra.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui